artista multimídia + educador + produtor + programador

Espetáculo audiovisual ‘Photosynthesis’ da banda Lavoura

Em sua trajetória de 11 anos, o Lavoura sempre estabeleceu diálogos com artistas de outros segmentos. Atualmente, desenvolve parcerias com os cenógrafos do La Tintota, o argentino Leonardo Ceolin e o mineiro de Conceição do Mato Dentro Flávio Lima. Os VJs da turnê Photosynthesis são  o artista visual venezuelano Carlos Pedreañez, que realizou trabalhos com Pitty e Marcelo Jeneci e o diretor e videomaker Daniel Todeschi, de Pitty, Jeneci, Erasmo Carlos e Rita Lee.Neste espetáculo, desenvolvido por meio de pesquisas no campo da arte, tecnologia, música, artes visuais, projeções de vídeo mapping e instalações site specific, o Lavoura e seus parceiros pretendem provocar uma experiência hipersensorial para a plateia.

O ponto central é levantar a discussão e contribuir para a construção de realidade digital com características brasileiras e latino-americanas.Mestiça por natureza, a música do Lavoura nasceu da dialética entre cultura popular e do remix, avançou pelo caminho das fusões e mestiçagens do Atlântico Negro, na teoria do sociólogo inglês Paul Gilroy, em que a cultura negra, do samba ao tecno, são ramificações de uma mesma matriz, e também do filme Atlântico Negro, na Rota dos Orixás, de Pierre Verger, até chegar em uma síntese propícia para constituir o que a banda classifica como fluxos cinemáticos e psicogeografias sonoras. Dois conceitos chaves do grupo que sempre buscou produzir uma música que fosse trilha sonora para viagens de cosmonautas interiores.

 

fonte: lavoura.art.br


Deixe uma resposta